O que é projeto SPED? Como funciona?

o-que-e-projeto-sped-como-funciona

A revolução digital está chegou ao meio fiscal. A internet traz grandes melhorias em diversos aspectos gerenciais e também pessoais. Agora, é hora de aproveitar esses efeitos no ambiente fiscal e contábil, com um sistema muito interessante que permite enviar as informações digitalmente.

Vamos ver o que é e como funciona o projeto SPED.

O que é?

SPED significa Sistema Público de Escrituração Digital. Ele tem como objetivo oficializar e padronizar todos os documentos digitais de ordem fiscal e contábil de uma empresa. Ele foi criado pela Receita Federal para permitir um envio mais fácil dessas informações.

O objetivo dessa iniciativa é integrar as esferas federais, estaduais e municipais através da padronização dessas informações. Isso significa um ganho de velocidade, produtividade e uma facilidade maior ao fazer esse trabalho.

Ele se preocupa, principalmente, com 4 aspectos principais: A emissão de Notas Fiscais, as escriturações contábil e fiscal, e o controle de transporte.

Como ele funciona?

O objetivo final é gerar um arquivo digital com todas os dados pertinentes à contabilidade e ao fisco. A maioria dos sistemas de gestão fiscal possui funcionalidades integradas ao SPED.

O processo, resumidamente, é simples. Os funcionários responsáveis cadastram as informações físicas normalmente, no dia-a-dia. Após o fim do período, normalmente um mês, o sistema compila essas informações em um arquivo.

Em seguida, o Programa Avaliador e Assinador, que precisa ser instalado, valida esse documento e o assina digitalmente com uma certificação emitida pela instituição. Após esse processo, os dados são formatados para que se repita no próximo mês e o arquivo é enviado para ser avaliado.

Porque é importante?

O SPED é importante e traz muitos benefícios. Em primeiro lugar, a velocidade e a facilidade da comunicação através do meio digital significa uma diminuição da burocracia, um ganho enorme de tempo e a redução, ou mesmo o fim, de documentos em papel, além de uma incidência muito menor de erros. O sistema também ajuda a combater a sonegação de maneira mais eficiente.

Além disso, os órgãos fiscalizadores têm uma presença muito maior no dia-a-dia, monitorando as atividades com muito mais facilidade. Isso pode afetar, por exemplo, o estoque, já que é possível avaliar a movimentação de mercadorias praticamente em tempo real. Por isso, esse sistema também ajuda as empresas. Estas conseguem muito mais facilmente encontrar e cruzar informações sobre os diversos aspectos gerenciais.

Por fim, como o sistema é todo digital e arquivado, é muito mais fácil encontrar documentos posteriormente.

Isso tudo significa que é preciso contar com profissionais cada vez mais qualificados que entendam perfeitamente o sistema, pois ele pode ser um pouco complexo, especialmente no início. Logo, é fundamental ter um especialista para lidar com possíveis problemas e, sendo assim, diminuir o risco de a empresa receber notificações.

Se torne especialista

Fica claro que o SPED é muito importante e uma ferramenta fundamental, tanto para as empresas como para o governo, de modo a ganhar muita eficiência e tempo. Não fique para trás e confira agora como o nosso curso sobre SPED para obter um certificado de especialista.

Gostou das dicas? Saiba ainda mais através de nosso curso e apostila!

O que é projeto SPED? Como funciona?
O que você achou deste conteúdo?

Deixe o seu comentário

comments